Conheça boas práticas para melhorar a sua gestão de equipe

  • 0
  •  0

Um dos segredos do sucesso da gestão de equipe – e ao mesmo tempo um dos
maiores desafios – é saber extrair o que o seu time tem de melhor. Isso passa pela
retenção e atração de talentos, mas também por identificar o melhor de cada
integrante da equipe e usar isso a favor da produtividade da empresa. Confira no texto
de hoje quais são as boas práticas para melhorar a sua gestão de equipe.

1. Comunique-se com o seu time

Uma boa maneira de gerir pessoas é mantê-las informadas. Um cenário muito ruim e,
infelizmente, comum em muitas empresas é quando a empresa está passando por
mudanças, os colaboradores percebem, mas a empresa não comunica nada
oficialmente. A consequência disso é a chamada “conversa de corredor”. Os
colaboradores começam a especular e conjecturar sobre o que pode estar
acontecendo. Além da óbvia menor produtividade que este fato traz, instala-se um
ambiente de insegurança entre os colaboradores que não é nada positivo.

2. Saiba como gerenciar crises

Há dois tipos de crises que podemos abordar: a crise institucional e uma crise entre
colaboradores. A primeira está muito ligada com o que descrevemos acima. É
importante que a empresa faça conversas periódicas com os seus colaboradores. É
importante que a empresa seja transparente. Se as coisas vão bem, devem ser ditas,
mas se não estão tão bem assim, é uma ótima oportunidade para jogar limpo,
esclarecer o que está sendo feito e trazer os colaboradores para serem parte desta
solução.
O segundo tipo de crise, entre colaboradores, deve ser tratado com muito cuidado pelo
gestor. Deve-se entender porque eles estão em atrito e o que originou o problema.
Muitas vezes o problema surge da própria gestão de pessoas. Pode ser que um
colaborador esteja sobrecarregado enquanto outro está ocioso, por exemplo. Nesse
caso, o gestor deve atuar com muito cuidado para transformar este problema numa
oportunidade de esclarecimento para a equipe e não tornar o problema maior ainda.

3. Invista em cursos e treinamentos

Observe quais cursos e treinamentos seriam, de fato, proveitosos para o seu time.
Investir nos seus colaboradores os ajudará a se desenvolver e os mostrará que a
empresa apostou neste talento. É uma excelente forma de trabalhar a gestão de
equipe.

4. (Re)conheça o seu time

Após a contratação, faz parte de uma boa gestão de pessoas, continuar
acompanhando cada colaborador. Quais são suas maiores habilidades? Em que ponto
ele (a) pode melhorar? De que forma as suas habilidades podem ser potencializadas?
Fazer essa análise vai lhe ajudar a usar o melhor que o seu time tem para oferecer,
vai aumentar a produtividade deles, melhorar os resultados entregues e deixar os

colaboradores mais felizes, afinal eles estarão trabalhando com o que fazem de
melhor.
É importante citar que não só habilidades devem ser levadas em consideração, mas
também as personalidades de cada um do time. Isso lhe ajudará a definir quem deve
trabalhar mais perto de quem de forma que as personalidades se complementam e
viabilizam que o melhor de cada uma delas seja exteriorizado.
Após essa análise de habilidades e personalidades, faz parte de uma boa gestão de
equipe reconhecer os colaboradores que demonstraram maior empenho. Esse
reconhecimento pode vir por meio de prêmios, bônus, aumento, promoção ou cursos,
como comentamos acima.

5. Deixe o planejamento estratégico sempre a mão

O planejamento estratégico deve ser o guia das metas de cada equipe. Ele deve
ajudar as empresas a definirem onde querem chegar, de uma forma global, e quais as
atividades e metas cada equipe deve executar e atingir. É responsabilidade do gestor
de cada equipe, delegar tarefas e metas para a sua equipe. Dessa forma, eles
saberão o que devem cumprir, terão uma meta para motivá-los e saberão exatamente
como as suas atividades estão contribuindo para que a empresa atinja os seus
resultados.

Para finalizar a leitura sobre gestão de equipe e saber mais sobre o
planejamento estratégico, sugerimos a leitura do texto Passo a passo para
elaborar um planejamento estratégico.

No Comments

    Leave A Comment